S

Sou do tempo que o cidadão andava armado e bandidos não vacilavam . Os filhos respeitavam os pais e os professores. Os vizinhos conheciam e uns aos outros.
Depois dos direitos para os "manos" e desse blábláblá doutrinário, cabe ao cidadão do bem ter medo, pagar impostos para sustentar vagabundos e ser processado por falar a verdade. SE ISSO NÃO É INVERSÃO DE VALORES, É O QUÊ?
Vivemos as regras e valores do crime institucionalizado e organizado, exatamente, como é nas comunidades que são reféns das quadrilhas e onde prevalece a lei do silêncio - UMA LEI, ÉTICA E MORAL DO CRIME.
Perdemos a noção do que é correto e os jovens, cujas mentes foram abduzidas pela doutrinação nas escolas, perderam mais ainda.
QUE FUTURO VOCÊS TERÃO? Lamento por vocês.
Marynês Freixo Pereira

Sou do tempo que…

by marynesfreixopereira

0

Thanks for the...

  1. 0Smile
  2. 0Inspiration
  3. 0Laugh
  4. 0Story
  5. 0Mindtrip
  6. 0Help
  7. 0Feelings

Thank the author

0

Comments


No one has commented on this note yet

Previous
Next